Thomas | 1º aninho

Thomas querido da titia,

Sei que ainda falta um pouquinho pra tu aprender a ler, mas hoje essa "carta" é pra ti, pra que daqui a alguns anos tu possas ler e saber o quanto a titia te ama e começou a te amar bem antes de tu nascer e vir alegrar ainda mais a nossa vida. Desde quando soubemos que tua mãe estava grávida, nós (eu e o titio Rodrigo) já te amávamos.

E hoje, dia 23 de setembro de 2016, acordei com o coração cheio de amor e saudades de ti. Querendo muito te ver nesse dia especial, mas como a titia mora longe e a tua festinha vai ser daqui alguns dias, tive que escolher estar contigo só na festinha, o que não foi uma escolha fácil pra mim. 

Mas agora queria te falar um pouquinho do que se passa aqui dentro, tentar explicar esse amor.

Meu amor por ti, meu gordinho, vem do amor que tenho pela tua mamãe e, mais tarde quando ele chegou na nossa família, pelo teu papai também. Quando teus pais casaram, a titia chorou bastante, sempre bem emotiva como dizem que sou e intensa em tudo que sinto. Mas foi um choro de amor, pela realização deles, e também pela saudade que eu sabia que iria sentir dela comigo todos os dias. E depois de alguns anos após esse dia, chorei de novo quando fiquei sabendo que uma vidinha estava ali se formando na tua mamãe. Sabíamos que tu seria um presentão pra todos nós!

Te amo desde quando fiz as fotinhos enquanto tu estava dentro da barriga da mamãe. E por falar nisso, ela foi uma grávida muito linda! E como diz a música que ela gostou de ouvir durante a gestação, devia ser isso mesmo que tu estava pensando sobre ela: "Nem me conhece direito, mas já posso te ouvir. E quando a barriga for crescendo, você ainda vai ser linda eu nem preciso te ver."

Te amei enquanto preparava o chá pra te esperar.  A essa altura tua mãe já estava bem inchada e sem poder se agitar muito, então a titia ajudou a preparar tudo pra ti, pra tu ganhar um monte de fraldinhas e também pra ter as amigas da mamãe por perto naquele dia. 

Senti um frio na barriga quando recebi uma mensagem da tua vovó no dia 22 de setembro pela manhã : "Bom dia filha, já podes vir...se pretendes assistir o parto, vem de avião..." Peguei o primeiro avião pra Floripa, pela tarde e fui lá te ver chegar. Nem sabe o quanto eu fiquei nervosa por isso, queria fotografar teu nascimento e olha, foi uma baita prova de amor. A titia não aguenta nem ver uma gota de sangue, mas aguentar ver um parto?! Só com muito amor pra fazer suportar esse medo e pavor de hospital.

E lá estava você, a coisa mais fofinha quando nasceu. Chegou a me dar um sustinho quando demorou pra chorar, mas logo já estava aos berros no hospital. Todo enrugadinho e já fazendo umas caretinhas. Todos babavam ao teu redor. Junto contigo nasceu uma mamãe, um papai, vovôs e titios.. e todos completamente apaixonados por ti.

Ainda hoje tu nem sabe bem que eu sou. Espero que tu não demore muito pra reconhecer a titia. E mesmo que tu ainda não me reconheça bem, sei que tu curte o meu colinho e fica me olhando com os olhinhos mais lindos bem fundo em mim. Me enche de beijos melecados (ou mordidas). E eu só te admirando.

Tua simpatia e tua alegria são contagiantes. Poucas vezes te vi emburradinho, quase sempre estás rindo e fazendo as caras mais fofas. Sempre nos diverte. Os videos que a mamãe manda no chat da família me arrancam suspiros e algumas vezes lágrimas por não poder te ver crescer de pertinho. Amo te ver dançando e cantando. Assisto os vídeos algumas vezes, até cansar. Ou até parar de chorar por conta das risadas pelas coisas engraçadas que tu já faz.

E sabe o que a titia mais quer de ti? Que tu aprenda a viver praquEle que te fez. Que um dia, muito em breve, tu possa conhecer a Jesus e a tê-lo como amigo. Sim, um amigo. Que tu converse com Jesus todo dia, que faça o que Ele mandar, que obedeça o papai e a mamãe porque ama a esse teu amigão, Jesus. Que um dia tu possa te entregar completamente para Ele, sabendo que é a coisa mais importante que tu irá fazer em toda a tua vida. Sei que um dia tu serás um grande homem de Deus. E a titia tem orado por isso.

Feliz primeiro aninho, meu gordinho. Em breve estarei aí te enchendo de beijos, de fotos e preparando tua primeira festinha pra comemorarmos esse ano tão intenso e cheio de novidades. 

Um beijo bem grande da titia Lídia. E do tio Rodrigo também. Te amamos! 

Porto Alegre, 23 de setembro de 2016.